Conjunções em Português

Conjunciones del Portugués. Eu amo esta cidade! Por isso sempre volto aqui.

E aí? Na Dica de hoje, vamos falar sobre o uso de Conjunções em português e vamos estudar todas elas.

Conjunções mais importantes em português

As conjunções são usadas para conectar frases. Eles são divididos em Coordenativas e Subordinativas. Vamos entender como elas funcionam. Para começar, vamos dar uma olhada nas conjunções mais usadas em português e, em seguida, aprenderemos todas elas separadamente.

EAnd
MasBut
OuOr
SeIf
Por issoThat’s why
PorémHowever
PorqueBecause
LogoTherefore

 

Exemplos da conjunção Porque em português:
Vamos rápido porque o filme já vai começar.
Vamos para a praia porque não está chovendo.
Vou comprar um casaco porque estou com frio.
Hoje eu vou dançar e beber muito porque é a minha última noite no Rio de Janeiro.

Para entender melhor, vamos dar uma olhada em alguns exemplos:

Hoje vou beber caipirinha e cerveja.
Today I’m drinking caipirinha and beer.

Eu quero ir à praia, mas está chovendo.
I want to go to the beach, but it’s raining.

Você prefere caipirinha ou cerveja?
Would you prefer caipirinha or beer?

Se o clima estiver bom amanhã, vamos sair.
If the weather is nice tomorrow, let’s go out.

Não tenho dinheiro, por isso não vou à festa.
I don’t have money, that’s why I’m not going to the party.

Eu li o livro, porém não me lembro da história.
I read the book, however I don’t remember the story.

Ele não vai para a praia porque está cansado.
He isn’t going to the beach because he is tired.

Elas querem aprender Português, logo precisam de aulas particulares.
They want to learn Portuguese, therefore they need private classes.

Conjunções coordenadas

Vamos começar com as Coordenativas. São aquelas usados para conectar frases e têm a mesma natureza e estrutura, como os tempos verbais. Vamos ver quais são elas:

Conjunções aditivas

Usamos conjunções aditivas para adicionar uma nova ideia no texto.

eand
nemnor
mas tambémbut also
como tambémas also
bem comoas well as
Exemplos de conjunções em português:
Eu gosto de estudar português e inglês.
Eu gosto de ir para a Lapa e ao Maracanã.
A casa do Albert é moderna e bonita.
A camisa do André é verde e amarela.
Hoje vou trabalhar e depois vou para a praia.

Eu e você queremos ir à praia.
You and I want to go to the beach.

Explicação: Aqui, o ‘e’ simplesmente adiciona dois itens em uma única declaração.

Ele não quer comer nem estudar.
He neither wants to eat nor to study.

Explicação: ‘Nem’ é usado para conectar duas preferências negativas, enfatizando a aversão atual a ambas as atividades.

Ela gosta de cinema, mas também adora teatro.
She likes cinema, but also loves theater.
Explicação: “Mas também” é usado para acrescentar uma ideia que pode ser um tanto inesperada ou contrastante com a primeira parte, enfatizando uma adição que é igualmente ou mais significativa.

Ele estudou física, como também matemática.
He studied physics, as also mathematics.
Explicação: “Como também” serve para adicionar outro elemento, reforçando a amplitude ou a inclusão da declaração, semelhante a “mas também.”

Ela fala inglês, bem como francês e espanhol.
She speaks English, as well as French and Spanish.
Explicação: “Bem como” é usado para adicionar itens intimamente relacionados ou equivalentes, indicando que o que se segue é de igual importância ou relevância.

Conjunções adversativas

Usamos conjunções adversativas para conectar ideias opostas.

masbut
porémhowever
todaviayet
contudonevertheless
entretantohowever
no entantohowever
Exemplos da conjunção Mas em português:
Estou com fome, mas não vou comer agora.
Estamos com sede, mas não vamos beber água.
Estamos na praia, mas não vamos entrar na água.
Tentei chegar cedo, mas não consegui.

Ele é rico, mas infeliz.
He is rich, but unhappy.

Explicação: “Mas” é usado para introduzir uma declaração que contrasta com algo que foi mencionado anteriormente.

Queria ir à praia, porém o tempo fechou.
I wanted to go to the beach, however, the weather turned bad.
Explicação: “Porém” é usado para introduzir uma contradição ou limitação à afirmação anterior.

Pablo estudou muito, todavia não passou no teste.
Pablo studied a lot, yet he didn’t pass the exam.
Explicação: “Todavia” é usado de forma semelhante a “porém”, indicando um contraste ou um resultado inesperado.

É um trabalho difícil, contudo gratificante.
It’s a difficult job, nevertheless it’s rewarding.
“Contudo” implica uma continuação apesar da adversidade ou do contraste, muitas vezes introduzindo um fator redentor.

Ela disse que viria, entretanto não apareceu.
She said she would come, however, she didn’t show up.
“Entretanto” é usado para apresentar um resultado ou fato que contradiz a expectativa ou declaração anterior.

Planejamos tudo cuidadosamente, no entanto, algo deu errado.
We planned everything carefully, however, something went wrong.
Explicação: “No entanto” tem uma finalidade semelhante à de “entretanto”, marcando uma contradição ou um resultado imprevisto.

Conjunções alternativas

Conjunções alternativas em português, são usadas para expressar escolhas ou cenários alternativos entre duas ou mais possibilidades. Eles são essenciais para mostrar opções ou condições equivalentes em uma frase.

ouor
ou…oueither…or
quer…quereither…or
ora…orasometimes…sometimes
já…jásometimes…sometimes
seja…sejabe…be

Você prefere café ou chá?
Do you prefer coffee or tea?
Explicação: “Ou” é usado para oferecer uma escolha entre duas alternativas.

Ou vamos à praia ou vamos ao Cristo Redentor.
Either we go to the beach or to Cristo Redentor.
Explicação: “Ou…ou” enfatiza a necessidade de escolher entre duas opções mutuamente exclusivas.

Quer chova quer faça sol, sairemos.
Whether it rains or it’s sunny, we will go out.
Explicação: “Quer…quer” é oferecer uma escolha entre dois cenários, geralmente usado de maneira mais formal.

Ora estuda ora brinca.
He sometimes studies, sometimes plays.
Explicação: “Ora…ora” é usado para descrever ações ou estados alternados, muitas vezes mostrando uma variação regular entre eles.

quer ir ao cinema, quer ficar em casa.
Now he wants to go to the movies, now he wants to stay home.
Explicação: “Já…já” também indica alternância, semelhante a “ora…ora”, mas pode implicar mais espontaneidade ou mudanças repentinas de preferência.

Você precisa tomar o remédio seja bom, seja ruim.
You need to take the medicine be it good, be it bad.
Explicação: “Seja…seja” é usado para indicar que a afirmação se aplica a todos os cenários dados, geralmente usado em contextos mais formais ou poéticos.

Essas conjunções são muito úteis na linguagem cotidiana, bem como na escrita literária e formal, para esclarecer as escolhas ou a variabilidade de condições ou ações.

Conjunções explicativas

Usamos essas conjunções para explicar algo. Conjunções explicativas são usadas para explicar ou justificar algo mencionado na primeira oração de uma frase. Elas são muito importantes para esclarecer razões ou causas.

quethat / as
porquebecause
porquantosince
poisbecause

Faça silêncio, que a criança está dormindo.
Be quiet, as the child is sleeping.
Explicação: Nesse contexto, “que” é usado para fornecer uma razão ou explicação diretamente relacionada à solicitação ou declaração feita.

Eu quero ir à praia porque está calor.
I want to go to the beach because it’s very hot today.
Explicação: “Porque” é uma maneira direta de explicar a causa ou o motivo de uma ação ou situação. Saiba mais sobre os diferentes porquês em português.

Devemos ser cuidadosos, porquanto a estrada é perigosa.
We should be careful, since the road is dangerous.
Explicação: “Porquanto” é uma maneira mais formal ou menos comum de expressar uma razão, semelhante a “porque”.

Ela não foi à festa pois precisava dormir.
She didn’t got to the party because she needed to sleep.
Explicação: “Pois” é usado após o efeito para explicar a causa. Normalmente, é usado quando a razão vem depois da afirmação ou do fato, geralmente precedida por uma vírgula na escrita.

Essas conjunções são essenciais em português para a construção de frases em que é necessário esclarecer ou justificar circunstâncias ou ações.

Conjunções conclusivas

Conjunções conclusivas são usadas para introduzir uma conclusão ou resultado derivado das informações apresentadas anteriormente na frase ou no discurso. Elas são fundamentais para indicar resultados ou deduções lógicas.

logotherefore
portantoso / therefore
por issothat’s why
assimso / thus
por conseguintethen, consequently, therefore
Exemplos de conjunção Por isso em português:
João come muito, por isso está engordando.
Jogamos futebol por muito tempo, por isso estamos cansados.
Estudamos muito, por isso estamos animados com o português.

Maria se casou no fim de semana. Logo, estava muito feliz.
Maria got married on the weekend. Therefore, she was really happy.
Explicação: “Logo” é usado para obter uma conclusão lógica com base nas informações anteriores.

Ele não estudou, portanto foi mal na prova.
He didn’t study, so he did poorly on the test.
Explicação: “Portanto” é usado para introduzir uma consequência ou resultado que decorre logicamente da declaração anterior.

Está calor demais hoje. Por isso, vou à praia.
It’s too hot today. That’s why I’m going to the beach.

Explicação: “Por isso” é usado para explicar a razão por trás de uma consequência ou ação diretamente ligada a um fato anterior.

Todos concordaram, assim a decisão foi unânime.
Everyone agreed, thus the decision was unanimous.
Explicação: “Assim” indica que o que vem a seguir é um resultado ou efeito direto da cláusula anterior.

A empresa teve lucros recordes, por conseguinte, os empregados receberam um bônus.
The company had record profits, consequently, the employees received a bonus.
Explicação: “Por conseguinte” é usado para apresentar um resultado que decorre logicamente das circunstâncias ou fatos mencionados anteriormente.

Essas conjunções são cruciais na construção de declarações coerentes e logicamente conectadas, particularmente úteis na escrita formal e em argumentos. Elas ajudam a demonstrar o fluxo de raciocínio da premissa à conclusão, aumentando a clareza e a persuasão do texto.

Conjunções subordinadas

Agora vamos falar sobre as Subordinativas. Quando usarmos essas conjunções, veremos que uma frase depende da outra. Vamos ver quais são elas:

Conjunções causais

As conjunções causais em português são usadas para indicar a causa ou razão de uma ação ou situação descrita na oração principal. Elas são essenciais para expressar por que algo acontece ou por que um determinado estado existe.

uma vez quesince / given that
visto quesince / seeing that
já quesince / as
comoas / since

Não podemos sair, uma vez que está chovendo.
We can’t go out, since it’s raining.
Explicação: “Uma vez que” introduz uma justificativa ou uma causa que explica a ação principal.

Faremos a reunião online, visto que alguns membros estão viajando.
We’ll have the meeting online, since some members are traveling.
Explicação: “Visto que” é usado para introduzir uma causa que é aparente ou visível, frequentemente usado em contextos mais formais.

Já que está chovendo, o que acha de ficarmos em casa?
As it’s raining, how about we stay home?
Explicação: “Já que” é comumente usado no português falado e escrito para indicar uma razão, muitas vezes implicando que a ação decorre naturalmente da circunstância descrita.

Como você se comportou, vai ganhar um presentinho.
As you behaved well, you will get a little gift.
Explicação: “Como”, nesse contexto, é usado para declarar uma causa ou razão, geralmente no início de uma frase, e é mais formal do que “já que”.

Essas conjunções são muito úteis na construção de frases que explicam claramente as razões ou causas por trás de ações ou decisões. Elas enriquecem a estrutura da frase, proporcionando profundidade e fundamentação ao discurso.

Conjunções consecutivas

Conjunções consecutivas são usadas para expressar a consequência ou o resultado da situação descrita na oração principal. Essas conjunções mostram efetivamente o efeito ou o resultado de uma ação ou estado.

tal queso that
tanto queso much that
de tal maneira quein such a way that
de modo queso that
de forma quein a way that
sem quewithout

Ele falou tão alto tal que todos na sala o ouviram.
He spoke so loudly that everyone in the room heard him.
Explicação: “Tal que” é usado para descrever um resultado tão significativo que resulta na consequência mencionada.

Nós dançamos tanto que mal podemos andar hoje.
We danced so much that we can barely walk today.
Explicação: “Tanto que” enfatiza a extensão ou o grau da ação que levou à consequência.

Ele organizou os documentos de tal maneira que qualquer pessoa poderia entendê-los.
He organized the documents in such a way that anyone could understand them.
Explicação: Essa frase destaca o método ou estilo da ação que resulta em um determinado resultado.

Ajuste o microfone de modo que todos possam ouvir.
Adjust the microphone so that everyone can hear.
Explicação: “De modo que” é frequentemente usado para indicar a intenção por trás de uma ação que leva a um resultado específico.

Ele explicou de forma que todos compreendessem.
He explained in a way that everyone understood.
Explicação: Semelhante a “de modo que”, descreve como uma ação deve ser executada para alcançar um resultado desejado.

Não compre o vestido sem que eu veja antes.
Don’t buy the dress without showing it to me.
Explicação: “Sem que” é um pouco diferente dos outros, pois normalmente requer o modo subjuntivo e é usado para descrever uma situação que ocorre sem a consciência ou a ocorrência de outra.

Essas conjunções são essenciais para expressar relações causais em que o foco está no impacto ou resultado de ações ou condições anteriores.

Conjunções comparativas

Usamos essas conjunções para fazer comparações em português. Conjunções comparativas são usadas para estabelecer uma comparação entre dois elementos, destacando semelhanças ou diferenças em características, quantidades ou ações.

comolike
tal qualjust like
assim comoas / just as / as well as
mais quemore than
menos queless than
tanto quantoas much as

Ela canta como um pássaro.
She sings like a bird.
Explicação: Como uma conjunção comparativa em português, “como” é usada para comparar a maneira ou o modo como algo é feito, implicando em similaridade.

Você fala tal qual seu pai. Meu Deus!
You speak just like your father. My God!
Explicação:“Tal qual” enfatiza uma semelhança direta e completa entre duas entidades.

Assim como seu irmão, ela é muito estudiosa.
Just as her brother, she is very studious.
Explicação: “Assim como” é usado para traçar um paralelo ou equivalência entre dois assuntos ou ações.

Ele trabalha mais que todos nós juntos.
He works more than all of us combined.
Explicação: “Mais que” é usado para comparar quantidades ou graus, indicando superioridade.

Ela estudou menos que o necessário para a prova.
She studied less than what was needed for the test.
Explicação: “Menos que” compara quantidades ou graus, indicando inferioridade.

Diogo come tanto quanto Carlos.
Diogo eats as much as Carlos.
Explicação: “Tanto quanto” é usado para denotar igualdade em quantidade, grau ou maneira entre dois elementos.

Essas conjunções comparativas são muito úteis para elaborar declarações com nuances que exigem a articulação de semelhanças ou diferenças, e são usadas com frequência tanto em conversas casuais quanto em textos formais.

Conjunções de conformidade

Essas conjunções, também conhecidas como conjunções conformativas ou conjunções de conformidade, são usadas para expressar concordância ou conformidade com uma referência ou um padrão. Elas geralmente introduzem uma cláusula que especifica a maneira como algo é feito em alinhamento com uma regra, um exemplo ou as palavras de alguém.

conformeas
segundoaccording to
consoanteaccording to / in accordance with
de acordo comaccording to

Ele anota tudo conforme lhe falam.
He writes everything downs as they tell him.
Explicação: “Conforme” é usado para afirmar que algo acontece de acordo com ou conforme estabelecido por algumas diretrizes ou regras.

Segundo Paulo Coelho, não devemos ter medo de buscar nossos sonhos.
According to Paulo Coelho, we must not be afraid of pursuing our dreams.
Explicação: “Segundo” é normalmente usado para citar as palavras de alguém ou fontes escritas como base para as informações fornecidas.

A política de devoluções será alterada consoante as novas regulamentações.
The return policy will be changed in accordance with the new regulations.
Explicação: “Consoante” é semelhante a “conforme” e é frequentemente usado em contextos mais formais para indicar conformidade com padrões ou regras.

De acordo com os especialistas, a economia irá melhorar.
According to the experts, the economy will improve.
Explicação: “De acordo com” é uma das frases mais comuns usadas para expressar concordância ou coerência com o que foi declarado por uma fonte autorizada ou confiável.

Em português, as conjunções de conformidade ajudam a alinhar as declarações com as regras, normas ou declarações autorizadas existentes e são cruciais para a redação formal e acadêmica, em que a precisão e o alinhamento com o conhecimento ou as regras existentes são necessários.

Conjunções concessivas

Elas indicam uma ação oposta à ideia principal, mas que não pode ser interrompida. As conjunções concessivas são usadas para introduzir uma cláusula que apresenta um contraste ou uma exceção à declaração principal. Essas conjunções ajudam a expressar ideias que são surpreendentes ou inesperadas em relação à oração principal.

emborathough / although
mesmo queeven though
por mais queHowever much / no matter how / Although
ainda queeven if


Embora
esteja cansado, ele vai estudar até tarde.
Though he is tired, he is going to study until late.
Explicação: “Embora” introduza uma declaração que contrasta com a oração principal, mas não impede que a ação aconteça.

Irei ao parque, mesmo que chova.
I will go to the park, even though it might rain.
Explicação: “Mesmo que” é usado para enfatizar um forte contraste, indicando que a ação ocorrerá apesar da condição contrária mencionada.

Por mais que o ame, ela decidiu terminar com seu namorado.
However much she loves him, she decided to break up with her boyfriend.
Explicação: “Por mais que” é usado para expressar um grau extremo de esforço ou condição, mas destacando que isso não altera o resultado.

Ainda que me ofereçam muito dinheiro, não vou vender minha casa.
Even if they offer me a lot of money, I won’t sell my house.
Explicação: “Ainda que” estabelece um cenário hipotético, mostrando que a ação ou decisão permanece inalterada independentemente das condições.

As conjunções concessivas em português são fundamentais para a elaboração de frases complexas e com nuances que refletem contraste ou oposição e, ao mesmo tempo, levam a uma conclusão estabelecida. Elas são particularmente úteis em textos argumentativos, redação literária e discursos formais em que é necessário reconhecer e contrapor pontos contrastantes.

Conjunções de condição

As conjunções condicionais são usadas para introduzir uma condição que deve ser atendida para que a oração principal da frase ocorra. Essas conjunções estabelecem situações hipotéticas ou potenciais, geralmente discutindo possibilidades ou requisitos.

seif
casoin case
contanto queas long as
a menos queunless
salvo seunless

Se tivermos tempo, vamos visitar o Rio de Janeiro.
If we have time, we’ll visit Rio de Janeiro.
Explicação: “Se” é a conjunção condicional mais comum, usada para introduzir uma condição que afeta o resultado da oração principal.

Traga um guarda-chuva, caso chova.
Bring an umbrella, in case it rains.
Explicação: “Caso” é frequentemente usado de forma semelhante a “se”, mas às vezes pode implicar uma precaução ou uma medida preventiva.

Você pode usar o carro, contanto que o traga de volta até às 22h
You can use the car, as long as you bring it back by 10 PM.
Explicação: “Contanto que” define uma condição que especifica um requisito a ser cumprido para que a permissão ou situação na oração principal seja mantida.

João será demitido, a menos que pare de faltar o trabalho.
João will be fired, unless he stops taking days off work.
Explicação: “A menos que” introduz uma condição que é uma exceção ao que é declarado na oração principal.

A reunião será amanhã, salvo se o chefe decidir cancelar.
The meeting is tomorrow, unless the boss decides to cancel.
Explicação: “Salvo se” é outra forma de expressar uma condicional que é uma exceção, semelhante a “a menos que”.

As conjunções condicionais são fundamentais para expressar dependências entre eventos ou condições no português falado e escrito. Elas acrescentam profundidade e complexidade às frases, especificando condições que afetam os resultados ou as ações.

Conjunções de proporção

Usamos essas conjunções para falar sobre ações que acontecem ao mesmo tempo. Essencialmente, eles mostram como uma ação ou condição varia em relação a outra, enfatizando mudanças ou dependências simultâneas.

à medida queas
à proporção queto the extent that
quanto maisthe more
quanto menosthe less
enquantowhile

À medida que o dia avançava, ficava mais frio.
As the day went on, it got colder.
Explicação: “À medida que” é usado para expressar uma mudança gradual em uma situação em correlação direta com a mudança em outra.

À proporção que aumentava a demanda, subiam os preços.
To the extent that demand increased, prices went up.
Explicação: “À proporção que” enfatiza que as mudanças em um aspecto são diretamente proporcionais às mudanças em outro.

Quanto mais você falar Português, mais rápido vai aprender.
The more you speak Portuguese, the faster you will learn.
Explicação: “Quanto mais” é usado em um sentido comparativo, mostrando como um aumento em uma ação resulta em um aumento em outra.

Quanto menos se fala, menos erros se cometem.
The less you speak, the fewer mistakes you make.
Explicação: “Quanto menos” funciona como “quanto mais”, mas com diminuições. It shows how a decrease in one action results in a decrease in another.

Ela estuda e trabalha enquanto ele dorme e joga video games.
She studies and works while he sleeps and plays video games.
Explicação: “Enquanto” indica que duas ações estão ocorrendo simultaneamente, embora não necessariamente em um sentido proporcional como as outras.

As conjunções de proporção são muito úteis para expressar relações complexas em que as ações ou condições são interdependentes, especialmente em contextos mais analíticos ou descritivos. Eles ajudam a esclarecer a dinâmica entre diferentes fatores ou comportamentos

Conjunções finais

As conjunções finais, ou conjunções de propósito, são usadas em português para expressar a intenção ou o propósito por trás de uma ação. Elas introduzem orações subordinadas que explicam por que a ação na oração principal está sendo realizada.

a fim de quein order to / so that
para queso that


A fim de que
pudesse viajar, ele guardava muito dinheiro.
In order to travel, he saved a lot of money.
Explicação: “A fim de que” é usado para declarar explicitamente o propósito ou o resultado pretendido da ação mencionada na oração principal. Geralmente, é necessário o uso do modo subjuntivo na oração subordinada.

Fechamos as janelas para que não entrasse frio.
We closed the windows so that the cold wouldn’t come in.
Explicação: “Para que” é semelhante a “a fim de que” e é usado para indicar o propósito ou o objetivo. Normalmente, ele também aciona o uso do modo subjuntivo para expressar a intenção por trás das ações.

Essas conjunções são essenciais para a construção de sentenças em que o objetivo de uma ação precisa ser claramente articulado, especialmente na escrita formal ou ao fornecer instruções ou razões. Elas ajudam a conectar a ação ao resultado pretendido, esclarecendo assim o motivo por trás da ação.

Conjunções de tempo

Conjunções temporais (conjunções temporais) são usadas em português para indicar o momento de um evento em relação a outro evento. Eles ajudam a especificar quando as ações acontecem, vinculando eventos no tempo, o que é crucial para expressar sequências, condições ou estipulações relacionadas ao tempo.

quandowhen
sempre quewhenever
toda vez queevery time
logo queonce
depois queafter
antes quebefore
até queuntil

Eu estava em casa quando ele chegou.
I was at home when he arrived.
Explicação: “Quando” é usado para vincular dois eventos que ocorrem simultaneamente ou um imediatamente após o outro.

Sempre que chove, o trânsito fica horrível.
Whenever it rains, the traffic gets horrible.
Explicação: “Sempre que” indica uma ação ou condição repetida que ocorre toda vez que uma determinada situação acontece.

Toda vez que eu entro no banho o telefone toca.
Every time I get in the shower, the phone rings.
Explicação: Semelhante a “sempre que”, “toda vez que” é usado para denotar recorrência ou regularidade.

Logo que soube da notícia, ele ligou.
As soon as he heard the news, he called.
Explicação: “Logo que” é usado para expressar imediatismo na sequência de eventos.

Depois que você sair, feche a porta.
After you leave, close the door.
Explicação: “Depois que” é usado para colocar um evento no tempo depois de outro.

É melhor sairmos antes que ela chegue.
We better go out before she arrives.
Explicação: “Antes que” geralmente requer o uso do modo subjuntivo e é usado para indicar que uma ação deve ocorrer antes de outra.

Espere aqui até que eu volte.
Wait here until I come back.
Explicação: “Até que” define um limite temporal, indicando que um evento continuará até que outro evento interrompa ou altere a situação.

As conjunções temporais são essenciais para detalhar as relações entre diferentes eventos, principalmente em contextos narrativos e descritivos. Eles fornecem uma estrutura para a compreensão de sequências e tempos de ações e condições na fala e na escrita.

Texto com conjunções em português

Agora, vamos ver um pequeno texto em que usamos conjunções em português:

Olá, meu nome é João e sou carioca. Moro no Rio, a cidade maravilhosa e sou muito feliz por viver aqui. Todos os dias, acordo bem cedo e vou trabalhar. Gosto muito do meu trabalho, sou professor da Rio & Learn, mas não gosto muito do trânsito porque é muito lento aqui na cidade. Todas as pessoas costumam vir de longe e sempre vão para o mesmo lugar. Por isso, o trânsito é sempre muito lento. Mas, isso não é nenhum problema: depois do trabalho, todos os dias, ou vou para a praia de Copacabana para pegar um sol ou tomo uma caipirinha e aproveito a vida na cidade. Gosto muito das coisas belas que temos aqui. Por isso nunca vou me mudar do Rio de Janeiro, minha cidade maravilhosa.

Tradução do texto com conjunções em português

Hello, my name is João and I am a carioca. I live in Rio, the wonderful city and I am very happy to live here. Every day, I wake up very early and I go to work. I really like my job, I am a teacher at Rio & Learn, but I don’t like the traffic very much because it moves very slow here in the city. Everybody usually travels from distant neighborhoods all going to the same place. That’s why the traffic is always slow. But, this isn’t a big deal: after work, I either go to Copacabana’s beach to catch some sun or drink a caipirinha and enjoy life in the city. I like the beautiful things we have here. That’s why I will never move from Rio de Janeiro, my wonderful city.

Exercício com conjunções em português

Agora é com você! Complete as frases usando a conjunção correta:

  1. Quero sair, _______ não sei para onde vou.
  2. Você tem que decidir: _______ vai para o Cristo _______ para o Pão de Açúcar.
  3. Hoje eu tenho o jogo do Vasco, _______ vou ao Maracanã.
  4. Hoje, vou ficar em casa _______ está chovendo muito.
  5. A festa está muito boa, _______ vou ficar mais um pouco.
  6. Quero ir para a praia de Ipanema _______ gosto muito de lá.
  7. Hoje, _______ eu vou para São Paulo _______ vou para Belo Horizonte.
  8. Nós vamos para aRioLIVE! na Lapa _______ depois vamos curtir no Centro.

Concluir foi muito fácil para você? Também temos outro desafio.
Escreva um pequeno texto no qual você se apresente e fale sobre sua rotina, assim como fez nosso professor João. Compartilhe conosco suas ideias. Nosso Facebook é um canal aberto para todos vocês!

É isso, galera! Acabamos de estudar como usar conjunções em português.

Abraços e beijos da Rio & Learn!
Vemos você em breve!

Clique nos links abaixo para ver mais Dicas relacionadas

Uso de Embora em português
Diferença entre Mas e Mais em português
Para em português
Conjunções do Subjuntivo em Português

Exercício sobre conjunções do português brasileiro: respostas

  1. mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto
  2. ou…ou
  3. logo, portanto, por isso, assim
  4. porque, pois
  5. logo, portanto, por isso, assim
  6. porque, pois
  7. ou…ou
  8. e

This post is also available in: English (Inglês) Português Español (Espanhol)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Busque dicas em português

Escreva a lição de português que você gostaria de aprender!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Inscreva-se na Dica do Dia

Obtenha aulas gratuitas de português. Inscreva-se na Dica do Dia e ganhe diariamente pequenas aulas de português para estrangeiros grátis.

EXCELLENT rating
Based on 321 reviews
I’ve just started online classes with Prof. Ana Carolina & she is the absolute best! It’s my first time learning Portuguese and I was speaking full sentences in the first class. Obrigada!
Katie Andrews
Katie Andrews
2023-12-14
Small classes, diverse accents, and engaging professors make Rio & Learn Online a fantastic choice! I've been thrilled with my experience at Rio & Learn Online so far. The small class sizes (around 1-3 others students) allow for personalized attention and plenty of opportunities to practice speaking. What's more, having different professors throughout the program exposes you to various accents, preparing you for real-world interactions. I opted for the full-time program, which involves 2 hours of daily learning from Monday to Friday. After just over 12 weeks, I can confidently say my Portuguese has improved dramatically. The professors are incredibly engaging and encourage students to utilize real-life examples, solidifying the learning process. While I'm only halfway through the program, I'm confident in recommending Rio & Learn Online to anyone seeking to learn Portuguese in a supportive and effective environment. I've gone from being a complete beginner (only knowing hi and bye) to holding conversations - and I'm excited to see how much further I can progress! I'll be back with another review after completing the program, but for now: Rio & Learn Online - highly recommended!
Mona Hinamanu
Mona Hinamanu
2023-12-12
I have been taking Portuguese classes with Rio and Learn for a few months. I appreciate their methodology. It is enjoyable and I am challenged and improving every day!
Bryan Beaver
Bryan Beaver
2023-12-12
My teachers Lucas, Ana Paula and Paulo were all excellent as well as very friendly and funny. It was a really enjoyable experience and I met loads of interesting new people.
David Smith
David Smith
2023-12-11
Rio & Learn e um novo jeito de ensinar a lingua portuguesa. Puro prazer e muito eficiente. Quanto mais alunos na aula mais vida. Eu aconselho voces escolher as aulas grupais por porque sao interativas: rir, falar, argumentar, compartir uma lingua!
Dominique Jacquin
Dominique Jacquin
2023-12-06
Après 3 semaines que je suis dans cette école et je peux déjà parler portugais. Certe avec des erreurs mais j'ai fait des progrès fulgurant. En plus, du Lundi au Vendredi l'ecole propose des activitées qu'il appelle "Rio Live" ce qui permet de visiter en même temps Rio tout en parlant Portugais et de rencontrer des gens😃 Toute l'équipe est genial et est prêts à aider si besoin 😁
YOAN REMIA
YOAN REMIA
2023-12-05
I've been taking the group online courses with Rio&Learn for 2 months. They offer a fantastic way to learn Portuguese and get speaking practice if you don't live in Brazil. The teachers are engaging and are able to adjust their level of Portuguese to whatever level you are at. Obrigado!
Jake H
Jake H
2023-12-04
C'est vraiment fantastique...RioAndLearn. Les cours de portugais...ça vaut vraiment la peine. Les cours ont lieu du lundi au vendredi, (de 9h à 13h) et en après midi, ce sont des activités libres en groupe. (Soccer de plage, volleyball , excursions, visites des lieux touristiques, etc) Vendredi soir, on est allé à Lapa, un quartier nocturne de Rio. C'est quelque chose à voir! Des rues bondées de monde, des orchestres, des discothèques...Allô les décibels! L'apprentissage du portugais se fait en immersion, aussi bien en salle de classe que dans les activités extérieures organisées par Rio&Learn. On est plongé dans la langue portugaise et la culture Brésilienne.... Obligé de parler portugais....🫡 Je le recommande. Pierre Pedro, Montréal, Canada
M54 “M5454” 54
M54 “M5454” 54
2023-12-03