Spy

Olá galera! Hoje vamos falar sobre o Espiritismo no Brasil. Então, você sabia que o Brasil é um dos países mais espiritualistas do mundo? É verdade! Aqui temos uma massa de seguidores dessas religiões como o Candomblé e o Espiritismo (também conhecido como Kardecismo). A segunda é relativamente recente, chegou ao Brasil com seus ensinamentos sobre a vida eterna e a existência de Deus, e também falou sobre a comunicação com pessoas que já desencarnaram.

Vamos falar sobre o Espiritismo no Brasil

Você acredita em vida após a morte? Para os adeptos do espiritismo, os seres humanos são espíritos imortais e o mundo em que vivemos é apenas uma passagem. Eles acreditam em Deus como a Inteligência Suprema e a Causa Primeira de todas as coisas. E também que, por fazerem parte da natureza, as pessoas que já faleceram podem se comunicar com os vivos e interferir em suas vidas.

O Espiritismo é uma religião que tem como base tanto as ideias de mediunidade quanto de ciência. Isso porque seu fundador, Allan Kardec, escreveu muitos livros sobre os mecanismos de comunicação com os espíritos e os propósitos da vida humana na Terra. Para isso, ele descreveu o espiritismo como uma filosofia espiritualista.

O conceito mais importante do Espiritismo é a ideia de reencarnação. O que isso significa? Literalmente é um renascimento do espírito em um corpo diferente, para ter novas experiências de vida. Após a morte, o espírito do falecido seria capaz de transmigrar (passar de um para o outro) para um filho recém-nascido para iniciar uma nova vida. Religiões antigas, como o hinduísmo e o budismo, usam o conceito de reencarnação há muito tempo.

O Espiritismo no Brasil foi introduzido no final do século XIX, quando se espalhou entre os intelectuais e a classe média. 

A origem do Espiritismo

"Всемирная иллюстрация", № 19, 3 мая 1869.
O fundador do Espiritismo Allan Kardec para a revista A Ilustração em 1869

O verdadeiro nome do fundador do Espiritismo é Hippolyte Rivail, um professor de francês que decidiu usar um pseudônimo para escrever seu famoso “O Livro dos Espíritos”. Ele fez isso para evitar opositores que não eram capazes de entender sua abertura espiritual, considerando que seu trabalho foi publicado em 1857. Mas esse não era um nome falso! Na verdade, era um nome que um de seus guias espirituais teve na infância, então ele escolheu ser conhecido por sua carreira espiritual como Allan Kardec.

Diferente da maioria das outras religiões, o Espiritismo no Brasil não estabelece regras de rituais ou formalidade. Se você deseja participar de uma reunião espírita, basta encontrar um centro espírita e escolher a reunião da qual deseja participar. Existem eventos como feiras de livros, palestras para um público maior do que suas reuniões regulares e, se você busca a ajuda de médiuns, há também reuniões especiais privadas ou coletivas.

Reconhecimento de sua importância

Quase 4 milhões de pessoas se autodeclaram adeptas do espiritismo no Brasil. A maioria deles faz parte da classe média e são participantes ativos nos centros espíritas. Essas pessoas assistem às reuniões regularmente ou, quando precisam, assistem às reuniões especiais onde podem obter ajuda de médiuns e espíritos que os orientam.

Uma religião que começa como tema de discussão entre intelectuais, o espiritismo no Brasil passou a ser reconhecido como utilidade pública. Por exemplo, foi possível resolver alguns casos de assassinato com a ajuda de dados vindos de comunicações psíquicas que eles aceitaram usar como prova em julgamentos.

Um famoso nome que vemos relacionado ao espiritismo no Brasil é o de Chico Xavier. Ele foi o médium mais querido do Brasil. Até sua morte em 2002, Chico Xavier escreveu mais de 400 livros. Esses livros com histórias de espíritos canalizados pelo médium que os escreveu em um processo chamado psicografia (o médium dá ao espírito autonomia para usar seu corpo para escrever suas mensagens). Algumas de suas histórias se tornaram filmes, assim como sua própria vida.

Os adeptos do espiritismo no Brasil abriram hospitais, centros cirúrgicos e escolas para trabalhar voluntariamente com o intuito de ajudar e curar os necessitados. Essas associações tem seus trabalhos orientados por espíritos de médicos, enfermeiras, militares e professores.

Muito legal, né? Anota aí: 18 de Abril é o Dia Nacional do Espiritismo no Brasil. O que você acha de visitarmos um centro espírita em uma RioLIVE! para ver ao vivo o que acabamos de aprender? 

Se você quiser saber mais, venha aprender com a gente no Rio de Janeiro!

Fique ligado para a próxima Dica do Dia

Tchau, galera!
Abraços do Rio de Janeiro!

            Leer esta Dica en Español
Clique nos links abaixo para ler outras Dicas relacionadas
Candomblé no Brasil
Religiões no Brasil 
Feriados no Brasil

0 149