Expressões em Português. Estou com uma pedra enorme no meu sapato.

E aí, pessoal! Vamos aprender português?
Em uma de nossas postagens, falamos sobre algumas expressões idiomáticas e informais, muito comuns no português brasileiro.
Hoje, vamos ver algumas outras expressões em Português.

Expressões em Português

Abrir os olhos – Avisar a alguém sobre alguma coisa.

  • José não é confiável. Preciso abrir os olhos com ele.

Bater na mesma tecla – Insistir no mesmo assunto.

  • Nossa! Ele não para de bater na mesma tecla. Que absurdo!

Baixar a bola – Acalmar-se.

  • Acho melhor você baixar a bola, ou você poderá ter problemas aqui.

Dar o braço a torcer – Voltar atrás numa decisão.

  • Ela é uma pessoa muito difícil: nunca dá o braço a torcer.

Dormir no ponto – Não agir quando se deve.

  • Marcos, você sempre dorme no ponto. Nunca faz nada quando deve fazer.

Estar com uma pedra no sapato – Estar com algum problema.

  • Estou com uma grande pedra no meu sapato. Não sei o que fazer.

Fazer de olhos fechados – Fazer sem dificuldades.

  • Acho incrível como Felipe faz esses trabalhos de olhos fechados. São muito difíceis para mim.

Onde Judas perdeu as botas – Lugar distante, remoto.

  • Manoel mora lá onde Judas perdeu as botas. Muito longe!

Segurar a vela – Estar entre um casal.

  • Lilian nunca sai de perto de Marina quando ela está com o namorado dela. Parece até que gosta de segurar vela.

Braço direito – Melhor amigo ou alguém que você realmente confia.

  • José me ajuda em tudo. Ele é o meu braço direito.

Falar pelos cotovelos – Alguém que fala muito.

  • Ela fala pelos cotovelos! Não para!

Não ter pé nem cabeça – Algo que não faz sentido.

  • Essa escultura não tem pé nem cabeça. Não entendi nada.

Estar com dor de cotovelo – Quando alguém está triste porque terminou um relacionamento ou quando está com ciúmes.

  • Ela perdeu o namorado. Está com muita dor de cotovelo porque viu o ex namorado com outra pessoa.

Estar de cara amarrada –  Quando alguém está com cara feia

  • Não sei o que aconteceu. Mario está com essa cara amarrada desde ontem. Acho que ele brigou com a namorada.

Pôr os pingos nos iii – Esclarecer as coisas.

  • Precisamos colocar os pingos nos iii. Esta situação não está muito clara.

Ir por água abaixo – Quando algo tem um resultado negativo.

Todos os nossos planos de viajar no fim de semana foram por água abaixo por causa da chuva.

  • Bater papo –  Conversar com alguém.

Gosto muito de bater papo com meus pais. Eles sempre me dão bons conselhos.

Um “abacaxi” – Um problema muito grande.

  • Não sei o que fazer com esse abacaxi. Não sei como resolver. Acho que preciso de ajuda.

Andar na linha – fazer tudo certo para não ter problemas.

  • Depois que ela descobriu tudo é melhor eu andar na linha.

Cara de pau – pessoa atrevida, descarada ou sem vergonha.

  • Mas esse Carlos é um cara de pau. Usou meu telefone sem me avisar.

Encher linguiça – enrolar ou preencher um espaço vazio com informação desnecessária.

  • Essa palestra é muito chata. O palestrante fica enchendo linguiça.

Nariz empinado – pessoa esnobe ou convencida, que pensar ser melhor que outros.

  • A Marina tem o nariz empinado. Já viu como ela está sempre se exibindo?

Molhar o biscoito – fazer sexo.

  • Se tudo der certo, hoje a noite eu vou molhar o biscoito.

Tomar um chá de cadeira – esperar muito tempo.

  • Hoje fui ao banco e tomei um chá de cadeira.

Barata tonta – pessoa desorientada que anda para todos os lados.

  • Claudia deve estar perdida. Parece uma barata tonta.

É isso, galera!

Vimos aqui mais algumas expressões em Português da língua. A qualquer momento, vamos aprender outras expressões populares que usamos no Rio de janeiro e no Brasil.
Até lá!

              
Clique nos links abaixo para ler outras Dicas relacionadas
Expressões Idiomáticas em Português
Expressões informais em Português
Expressões de sala de aula em Português
Expressões para Argumentar em Português
Chutar o balde
O que significa Caralho em Português
Falar pelos cotovelos em Português

421