Oscar Niemeyer, o arquieto das curvas - A Dica do Dia - Rio & Learn - Free Portuguese Lessons

Oi, gente!
Na nossa Dica de hoje, vamos falar do famoso arquiteto Oscar Niemeyer.

Oscar Niemeyer, o arquiteto das curvas

Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho nasceu em 5 de dezembro de 1907 e foi um importante arquiteto no desenvolvimento da arquitetura moderna.
Uma das suas obras mais conhecidas são os projetos de edifícios cívicos feitos para Brasília, a cidade que tinha sido planejada para tornar-se a capital do Brasil em 1960. O arquiteto Oscar Niemeyer também teve participação no grupo de arquitetos que projetou a sede das Nações Unidas em Nova York, nos Estados Unidos.

Carioca da gema, Oscar Niemeyer estudou na Escola Nacional de Belas Artes (atual UFRJ) e no terceiro ano fez um estágio com o urbanista Lúcio Costa. Ao lado do urbanista, colaborou no projeto para o Ministério da Educação e Saúde, no Rio de Janeiro.

O arquiteto também foi responsável pelo MAC, o Museu de Arte Contemporânea, de Niterói.

Em 1956, o arquiteto Oscar Niemeyer foi convidado pelo então presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek, para projetar os prédios públicos da nova capital do Brasil, que seria construída no centro do país, Brasília. A obra levou menos de cinco anos, tendo sido construídos o Congresso Nacional do Brasil, o Palácio da Alvorada, o Palácio do Planalto, a Catedral de Brasília e Supremo Tribunal Federal. Através desse trabalho, Niemeyer foi nomeado como diretor do departamento de arquitetura da Universidade de Brasília e também como membro honorário do Instituto Americano de Arquitetos.

O arquiteto Oscar Niemeyer deixou o Brasil após o Golpe Militar de 1964, por conta da sua militância no Partido Comunista Brasileiro (PCB) e abriu um escritório em Paris. Retornou ao Brasil em 1985 e recebeu o Prêmio Pritzker de Arquitetura, em 1988.

O centenário do Arquiteto Oscar Niemeyer

Oscar Niemeyer completou seu centésimo aniversário em 2007 e estava completamente lúcido e ativo. No mesmo ano, recebeu também a mais alta condecoração do governo francês com o título de Comendador da Ordem Nacional da Legião da Honra.
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, deu-lhe a condecoração de Ordem da Amizade no dia 14 de dezembro.
Ainda no ano de 2007, fora do Brasil, o arquiteto iniciou as obras do seu primeiro projeto na Espanha, em Avillés, Astúrias: tratava-se do Centro Niemeyer.
Niemeyer sempre se autodeclarou um comunista convicto. Durante a ditadura, o arquiteto ofereceu abrigo em seu escritório na Conde Lages (na Glória) a alguns militantes comunistas.
Quanto à religião. Niemeyer foi ateu pela maior parte da sua vida. Sua crença se baseava nas injustiças deste mundo.

A perda do arquiteto das curvas

O arquiteto Oscar Niemeyer faleceu poucos dias antes de completar 105 anos de idade (imagina viver tanto tempo!), no dia 05 de dezembro de 2012, às 21h55, em decorrência de uma infecção respiratória.

O arquiteto Oscar Niemeyer, escreveu em uma de suas memórias:

Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein.

Alguns fatos curiosos sobre o arquiteto Oscar Niemeyer

Niemeyer também foi designer, tendo produzido mobílias na década de 1970. Com a ajuda de sua filha, projetou o mobiliário do Palácio da Alvorada, o da Sede do Partido Comunista Francês e alguns outros móveis comercializados na mesma década.

Também fez esculturas das quais se destacam

  • Monumento a Carlos Fonseca Amador, Nicarágua, 1982
  • Monumento “Tortura Nunca Mais”, Rio de Janeiro, 1986
  • Monumento “Nove de Novembro” (dedicado aos três operários assassinados durante a greve de novembro de 1988), Volta Redonda, 1988
  • Troféu GP Brasil de Fórmula Um 2009 e 2010
  • Escultura Uma mulher, uma Flor, Solidariedade, Parque Bercy, Paris, 2007

Entre outros…

Literatura

  • Quase memórias: viagens, tempos de entusiasmo e revolta – 1968
  • Rio: de Província e Metrópole – 1980
  • Como se faz arquitetura – 1986
  • As curvas do tempo – Memórias – 1998
  • Minha Arquitetura – 1937 – 2004, Editora Revan, Rio de Janeiro, 2004

Entre outros…

Prêmios de condecorações

  • 1963 – Prêmio Lênin da Paz, Governo da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
  • 1964 – Membro honorário do Instituto Americano de Arquitetos
  • 1990 – Cavaleiro Comendador da Origem de São Gregório Magno, Vaticano / Santa Sé
  • 1994 – Grã-Cruz da  Ordem Militar de Sant’Iago da Espada de Portugal (26 de novembro)
  • 2008 – Prêmio ALBA das Artes, Venezuela, Cuba, Bolívia, Nicarágua

Entre outros…

É possível saber mais sobre a vida e obra do arquiteto Oscar Niemeyer a partir deste link.

É isso, galera!
A gente acabou de ver um pouco sobre a vida e a carreira do Arquiteto Oscar Niemeyer.

A gente se vê na próxima Dica!
Tchau!

              
Click on the links below to see more related Dicas
Niemeyer Museum in Niteroi
History of Rio de Janeiro
Anniversary of Rio de Janeiro
Top 10 touristic attractions in Rio de Janeiro
Most important Brazilian cities

History of Copacabana Beach
South zone of Rio de Janeiro
North Zone of Rio de Janeiro
West Zone in Rio de Janeiro

143