Ronaldo Fenômeno

4 de abril de 2018

E aí, galera? Como tá indo? Hoje em dia, quando falamos de um jogador de futebol chamado Ronaldo Fenômeno, você pode pensar em outra pessoa. Mas há um Ronaldo brasileiro que fez história no futebol brasileiro que você precisa conhecer! Muitas pessoas o consideram um dos melhores atacantes de todos os tempos, se não o melhor. Vamos aprender mais sobre esse jogador incrível, seus prêmios e também por que ele é chamado de R9 até hoje. Você notará que o português é fácil de aprender quando nos divertimos!

Ronaldo Fenômeno

Ronaldo Luís Nazário de Lima nasceu em 18 de setembro de 1976 no Rio de Janeiro. Ele começou sua carreira como jogador de futebol profissional em alguns times cariocas pequenos, mas foi no Cruzeiro que ele pôde se mostrar para o mundo e ir muito jovem para a Europa. Popularmente apelidado de O Fenômeno, ele é considerado por muitos um dos maiores jogadores de todos os tempos. No seu auge, ele ficou conhecido pelos dribles rápidos e finalizações precisas.

O Começo de Ronaldo Fenômeno

Depois de jogar duas ótimas temporadas no Brasil (1993 e 1994), Ronaldo foi transferido para o PSV Eindhoven da Holanda. Mesmo sendo muito jovem, ele não sentiu a pressão e continuou a marcar muitos gols que fizeram o Barcelona se interessar e contratá-lo em 1996. Ele passou somente uma temporada no clube espanhol, mas isso foi suficiente para ser o artilheiro da temporada (1996 – 1997) e ajudar o clube a ganhar a antiga Copa da UEFA, Copa do Rei e a Super Copa da Espanha, nessa temporada, ele também marcou um dos seus gols mais bonitos de toda sua carreira onde ele pega a bola do meio do campo, dribla vários adversários e marca um lindo gol. Veja só:

Depois de uma grande temporada no time Catalão, Ronaldo foi transferido para a Internazionale de Milão. Ele jogou pelo clube italiano de 1997 até 2002. Mas mesmo marcando gols, sendo eleito o melhor jogador do mundo em 1997, vencendo a Copa da UEFA em 1998, seu período lá foi marcado mais pelas suas contusões do que pelos seus gols. Ele teve duas lesões graves seguidas de cirurgias que o deixaram fora dos gramados for dois anos.

Porque R9?

O jogador de futebol brasileiro Ronaldo historicamente vestiu até 1997 a camisa número 9. Até seu patrocínio com a Nike manteve a marca R9. Mas você deve estar se perguntando: se ele era tão bom assim, por que não era o número 10? Pois bem, quando foi para a Internazionale, foi apresentado como o número 10 do time. Na época, porém, Ronaldo desenvolveu várias lesões e também perdeu a final da Copa do Mundo de 1998 para a França. A Internazionale queria agradar o jogador, e então propôs que ele voltasse a vestir a camisa 9, para dar sorte.

O problema era que aquele camisa 9 já pertencia a alguém do time, o jogador Iván Zamorano! Zamorano diz que o presidente do clube pediu que ele parasse de usar a camisa 9 para que Ronaldo tivesse forças para lidar com as lesões e voltar aos jogos. Zamorano aceitou com uma condição: sua camisa seria 18, mas com um símbolo de soma no meio, 8 + 1.

Hoje em dia, isso é comum quando um jogador muda de time e seu número não está disponível. Isso pode levar ao uso do símbolo de soma, ou às vezes até números não convencionais no futebol. Ou seja, o R9 foi importante até na forma como as camisas são numeradas!

O Topo da Carreira do R9

Em 2002, depois de vencer a Copa do Mundo com a Seleção Brasileira, Ronaldo foi transferido para o Real Madrid onde ele se juntou a outros craques como Zidane, Roberto Carlos, Beckham e outras estrelas. Jogando pelo clube espanhol, ele venceu a liga nacional (2002 – 2003 e 2006 – 2007). Mesmo tendo lesões em Madrid, Ronaldo é amado pelos fãs.

Em 2007, ele chegou mais uma vez em Milão para jogar pelo Milan, mas ele não estava mais no seu auge. Ele teve problemas com seu peso, ele marcou alguns gols importantes mas não ganhou títulos importantes e deixou o Milan depois de uma cirurgia no joelho. Totalmente recuperado da lesão, Ronaldo chegou no Corinthians, seu último clube, se aposentando em 2011. Foi um período curto jogando pelo clube, mas ele o ajudou a vencer a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista, nesse último marcando um lindo gol de cobertura de fora da área, vejam só:

Ronaldo Fenômeno e o Time Brasileiro

Ronaldo foi muito bem com a Seleção Brasileira também. Além de marcar gols em amistosos e torneios continentais como a Copa América, ele jogou quatro Copas do Mundo (1994 – 1998 – 2002 – 2006) e venceu duas (1994 – 2002). Na primeira ele não pôde jogar porque só tinha 17 anos, mas ele pôde sentir a vibe e ganhar experiência. Em 2002 ele foi a estrela e liderou o time que venceu o quinto título mundial para o Brasil e marcando dois gols na final. Tem certeza que não quer vir ao Brasil estudar português e torcer na próxima Copa do Mundo? 😛

Essa Copa foi muito especial para ele porque ele estava vindo de duas grandes cirurgias no joelho e as pessoas, incluindo os médicos estavam dizendo que ele nunca mais jogaria futebol da mesma forma de novo, que o futebol havia acabado na sua vida. Mas com sua habilidade e determinação, Ronaldo provou que todos estavam errados e jogou em alto nível por muitos anos.

É isso, meus amigos! Agora vocês sabem sobre o jogador Ronaldo Fenômeno. Se quiserem saber mais sobre futebol brasileiro e jogadores, vão até a Dica do Dia, vocês também nos seguir no Facebook, Instagram e Pinterest. Vejam o que está rolando na escola!

Até mais, galera!
Abraços do Rio de Janeiro!

Clique aqui para ver mais Dicas relacionadas
Times de Futebol mais Importantes do Rio
Jogador de Futebol Pelé
Zico, Jogador de Futebol
Jogador de Futebol Sócrates